domingo, 5 de fevereiro de 2012

"Você se Lembra?" The Fifth Dimension

O blog Papo do Som apresenta mais uma edição do quadro "Você se Lembra"....
Hoje, vou falar sobre uma música marcante no final dos anos 60 e toda a década de 70.... "Aquarius/ Let the Sunshine In", da banda norte-americana The Fifth Dimension.


O grupo foi formado em Los Angeles, em 1966.... Os cinco membros originais eram: Billy Davis, Jr., Florence LaRue, Marilyn McCoo, Lamonte McLemore e Ron Townson.

Foi responsável por popularizar canções de artistas como Ashford & Simpson, Laura Nyro e Jimmy Webb, além de Burt Bacharach e Hal David.
Também ajudaram a popularizar o musical "Hair" com a gravação de "Aquarius/Let the Sunshine In", o maior sucesso da banda, que ficou seis semanas no topo da Billboard Hot 100.

A canção foi composta com base na crença astrológica de que o mundo, ao entrar na Era de Aquarius, irá experimentar uma época de amor, paz, democracia e humanidade.
Embalou muitos sonhos e ideais da geração hippie.

"Aquarius/Let the Sunshine In" é uma junção de duas canções do musical "Hair", de 1967 ("Aquarius" e "Let the Sunshine In"), compostas por James Rado, Gerome Ragni e Galt MacDermot, e lançada em maio de 1969, no quarto álbum da banda.

"Hair" é um filme norte-americano de 1979 adaptado do musical do mesmo nome encenado no Broadway e criado por James Rado, Gerome Ragni e Galt MacDermot. 

Conta a história de um jovem do interior dos Estados Unidos convocado para a Guerra do Vietnã, que chega a Nova York para apresentar-se ao exército e encontra e se torna amigo de uma tribo de hippies cabeludos da cidade, adeptos do pacifismo e contra a guerra. 


Ele apresenta em forma de um musical todas as confusões vividas pelos jovens dos anos 60: relacionamentos sem compromisso, drogas e festas. 


Voltando a falar do The Fifth Dimension, o grupo está em atividade até os dias atuais, mas com apenas um de seus cinco membros originais (Florence LaRue).
E separei mais uma música de destaque da carreira "Up, Up and Away", de 1968.



Texto de Daniel Vito

Nenhum comentário:

Postar um comentário